Família Cypriano da Rocha


Por Elis de Sisti Bernardes


Já no início do século XX, antes de 1905, estabeleceram-se no Itaperiú uma outra família Rocha, a família de Cypriano Manoel da Rocha.

Cypriano Manoel da Rocha, ou Cypriano Miguel da Rocha, nasceu no dia 25 de abril de 1845, em Camboriú, filho de Jacintho Miguel da Rocha e Silvana Rosa de Jesus. Seu pai era natural da Freguesia de São Miguel da Terra Firme, na atual Biguaçu, filho de Miguel da Rocha, também natural da Freguesia de São Miguel, e de Anna Maria, natural de Santo Antônio de Lisboa, em Desterro, atual Florianópolis e mudaram-se para Camboriú. Já sua mãe era natural de Itapocoroy, atual Penha, filha de Pedro Vieira, natural da Freguesia de São Miguel e de Joaquina Ignacia, natural de Itapocoroy.

Cypriano foi batizado no dia 24 de maio de 1845, na Igreja de Itajaí, pelo Padre Francisco Hernandez. Foram seus padrinhos, Cypriano Machado e Maria Bernardina, recebendo ele o mesmo nome do padrinho.

Cypriano foi soldado do 3º Batalhão de Infantaria e foi um dos soldados catarinenses enviados à Guerra do Paraguai, ocorrida entre dezembro de 1864 a março de 1870. No dia 08 de julho de 1869, lhe foi concedida uma pensão de 400 réis diários pelos serviços prestados na Guerra.

Casou com Virgina Pereira da Rocha da Silva, nascida por volta de 1848, em Camboriú, filha de Manoel Severino da Rocha, natural de Porto Belo, e de Felicidade Rosa da Silva, natural de Itapocoroy. Neta paterna de Severino José da Rocha e de Anna Joaquina, naturais da Freguesia de São Miguel, e materna de Silvano Pereira da Silva, natural de Camboriú, e de Luiza Rosa, natural de Itapocoroy.

O casal morou em Camboriú e mudou-se para Gaspar, para a localidade do Brilhante, em Brusque, então ainda distrito da cidade de Itajaí.

Em 1889 Cypriano enviou um requerimento à Assembleia Legislativa da Província de Santa Catarina solicitando a criação de uma escola no Arraial Brilhante.

No início do século XX, Cypriano se mudou com a família para o Itaperiú, estabelecendo-se no Morro dos Monos. Virgina era sobrinha de Florencio Pereira Soares, que já morava há anos no Itaperiú. No dia 11/12/1913, Cypriano recebeu do Estado de Santa Catarina uma área de terra de 2.322,226m² no Morro dos Monos.

Cypriano Manoel da Rocha faleceu com cerca de 70 anos, em 1915. Foi sepultado no Cemitério de Santo Antonio, em São João do Itaperiú.

Virgina faleceu com 93 anos, no dia 27/04/1941, às 21 horas, no Morro dos Monos. Foi sepultada no Cemitério de Santa Cruz, em São João do Itaperiú.



Filhos:



1. Generosa Virgina da Rocha (*04/04/1873, Camboriú +21/04/1969 Sep: Santo Antonio)
Casou com Thomaz Francisco Garcia Sobrinho (*02/12/1859, Camboriú +16/07/1933, Morro dos Monos Sep: Santo Antonio), filho de Jeremias Francisco Garcia e de Anna Maria Baptista, no dia 28/07/1894, no cartório de Brusque.
Filhos:



2. Malvina Virgina da Rocha (*22/07/1876, Ribeirão do Meio, Camboriú Bat. 21/04/1877, Camboriú Padr: Mariano Pereira da Rocha e sua irmã Maria Anastacia Pereira, solteiros +12/12/1931, Morro dos Monos). Gêmea de David. Não aprendeu a escrever. Morou no Morro dos Monos.
Casou com João Maximianno da Silva (*~1880, Camboriú +29/10/1948 Sep: São João do Itaperiú), morador na Estrada do Ribeirão do Salto, filho de Maximiano Gonçalves Chaves e Francisca Dominga da Silva, no dia 09/06/1906, no cartório de Barra Velha. Moraram no Morro dos Monos.
Filhos:

- [Ver filhos em Família Gonçalves Chaves]

Após viuvar de Malvina, João Maximianno casou com Zozina Maria de Souza (*13/04/1903, Barra Velha), viúva de Cipriano Primo Garcia, filha de José Justino de Souza e Maria Izabel da Silva, no dia 15/02/1936, com quem teve filhos.



3. David Villanova do Bomfim (*22/07/1876, Ribeirão do Meio, Camboriú Bat. 21/04/1877, Camboriú Padr: Avós maternos, Manoel Severino da Rocha e Felicidade Rosa da Silva +12/12/1955 Sep: São João do Itaperiú). Gêmeo de Malvina. Em sua lápide consta que nasceu em 14/12/1885. Seu pai lhe deu este nome em homenagem à um homem que conheceu enquanto lutou na Guerra do Paraguai. Aprendeu a escrever. Morou no Morro dos Monos.
Casou com sua prima Maria Geraldina da Veiga (*23/04/1889, Laranjeiras, Itajaí +26/08/1966 Sep: São João do Itaperiú), moradora no Itaperiú, filha de Chrispiniano Florencio da Veiga e de sua tia materna Geraldina Pereira da Rocha, no dia 30/06/1906, no Itaperiú. Em sua lápide consta que Maria Geraldina nasceu em 12/10/1895.
No dia 20/03/1914, David recebeu do Estado de Santa Catarina a concessão de 403.225m² de terras nos Morros.
Filhos:

- Maria Madalena de Bonfim
Casou com João Manoel Delmonego (*19/08/1892, Luiz Alves +04/04/1964, São João do Itaperiú Sep: São João do Itaperiú), filho de Manoel Delmonego e Catharina Da Rif, separado de Maria Carlota Dal Ri, no dia 28/06/1924, no cartório de Barra Velha. Moraram em São João do Itaperiú.
           - [Ver filhos em Família Delmonego]

- Dulci Maria de Bonfim (*~1906 +28/09/1973, Barra Velha Sep: São João do Itaperiú). Solteira.

- Maria Vilanova (*~1907, Massarandubinha)
Casou com Pedro Balsanelli (*~1904, Primeiro Braço, Luiz Alves), filho de João Balsanelli e Maria Morbis, no dia 20/09/1930, na igreja de Massarandubinha.

- Geraldina Maria da Veiga do Bonfim (*23/05/1908, Barra Velha +22/08/1964 Sep: Santa Cruz)
Casou com Martinho Quintino Correa (*29/07/1900, Itaperiú +21/11/1954, Morro dos Monos Sep: Santa Cruz), filho de Quintino Correa da Silva e Leonidia Maria de Azevedono dia 19/09/1925, no Itaperiú, pelo cartório de Barra Velha, e no dia 01/10/1925, na Capela de Itaperiú.
           - [Ver filhos em Família Correa da Silva]

- Antenor David (*~1917, Itaperiú +10/12/1921, Itaperiú, com 4 anos após sofrer 2 dias por conta de uma queimadura Sep: Itaperiú)

- Mario David (*~1921 +29/04/1946, Santa Luzia Sep: Santo Antonio). Foi operário.

- Ollindina de Bonfim (*24/04/1928, Ribeirão do Salto, distrito de Massaranduba)





4. Idalicio Cypriano da Rocha (*01/04/1879, Ribeirão do Meio, Camboriú Bat. 07/06/1879, Camboriú, como "Delicio" Padr: Joze Vicente Coelho e Lionida Francisca Bernardes, solteiros) +22/05/1943, Santa Cruz Sep: Santa Cruz). Não aprendeu a escrever. Morou no Ribeirão do Salto, em São João do Itaperiú.
Casou com Bernardina Maria de Jesus (*~1888, Barra Velha +Após 1950), moradora no Itaperiú, filha de José Joaquim dos Santos e Maria Roza de Jesus, no dia 23/02/1908, no cartório de Barra Velha. Moraram em Santa Cruz. Após a morte de Idalicio, Bernardina se mudou para Itajaí.
Filhos:

- Maria Bernardina da Rocha (*~1909)

- Theophila Bernardina da Rocha (*28/12/1911, Itaperiú +14/08/1997, Joinville). Aprendeu a escrever.
Casou com Sinfronio Sant'Ana Soares (*26/07/1906, Barra Velha +12/09/1966, Joinville, de câncer no cérebro Sep: Joinville), filho de Firmino Soares da Costa e Maria de Assumpção Pereira Ramos, no dia 24/09/1932, em São João. Moraram em Joinville onde Sinfronio foi operário.
     - [Ver filhos em Família Soares da Costa]

- Verginia Bernardina da Rocha (*20/06/1913, Itaperiú +12/09/1944, Ribeirão do Salto Sep: Santa Cruz)
Casou com Manoel Galdino Duarte (*18/07/1905, Penha +07/09/1984), filho de Galdino Demeciano Duarte e Silvana Francisca da Silveira, no dia 30/07/1932.
     - Santina Verginia da Rocha (*~1933)
     - Maria Verginia Duarte (*~1937)
     - Nair Verginia Duarte (*~1939)

- João Idalicio da Rocha (*~1916)

- Marcilio Idalicio da Rocha (*01/10/1917, Itaperiú +07/11/2007 Sep: Santa Cruz). Obs: É nome de rua em São João do Itaperiú.
Casou com Erotides Maria Pereira (*03/06/1929, Barra Velha +16/05/2010 Sep: Santa Cruz), filha de Maria Pereira, no dia 28/10/1950. Moraram em Santa Cruz, em São João do Itaperiú.
     - Devalci da Rocha (*25/06/1950, Barra Velha +26/01/1997, Barra Velha Sep: Santa Cruz)
     Casou com Marilda da Silva, com quem teve 3 filhos. Morou no Itapocú.
     - Vilmar Marcílio da Rocha (*19/03/1955, Barra Velha +05/01/1984 Sep: Santa Cruz)
     - Helio da Rocha (*02/12/1956, Barra Velha +09/12/1991, Araquari Sep: Santa Cruz)
     Casou com Maria Terezinha, com quem teve 3 filhos. Morou em Santa Cruz.

 - Ursulina da Rocha (*28/06/1919, Barra Velha)
Casou com José Pereira (*24/06/1914, Itajaí +08/09/1950, Ribeirão do Salto Sep: Santa Cruz), filho de Manoel Daniel Pereira e Antonia Maria Romualda, na igreja antes de 1945 e no civil dia 24/07/1945, no cartório de Barra Velha.
     - Maria Pereira (*01/06/1943)
     - Nilto Pereira (*~01/1950)
Viúva, Ursulina casou com Isac Amaral, no dia 08/03/1962, em Itajaí.

- Gomercindo Idalicio da Rocha (*~1922)





5. Felicidade Virgina da Rocha (*~1879, Barra Velha +15/04/1941, Ribeirão da Lagoa Sep: Santa Cruz). Não aprendeu a escrever.
Casou com Rosendo Francisco da Rosa (*~1880, Barra Velha +Após 1941), morador no Itaperiú, filho de Francisco José da Roza e Maria Francisca Pereira, no dia 04/02/1910, na casa de Domingos José de Borba, no Itaperiú. Moraram no Ribeirão da Lagoa, Massaranduba.
Filhos:

- [Ver filhos em Família de José Francisco da Rosa]





6. Elias Cypriano da Rocha (*20/10/1881?, Camboriú +28/01/1957, Barra Velha Sep: Santa Cruz). Não aprendeu a escrever.
Casou com Maria Martinha Correa (*25/09/1896, Itaperiú, Barra Velha +27/05/1957 Sep: Santa Cruz), filha de Felippe Correia da Silva e Maria Pereira Soares, por volta de 1911, no civil dia 18/12/1915, em Barra Velha.
No dia 12/06/1925, Elias recebeu do Estado de Santa Catarina a concessão de uma área de terra de 111.000m² no Morro dos Monos.
Filhos:

- Felippe Elias da Rocha (*22/10/1911 +20/08/1992 Sep: Santa Cruz). Foi comerciante.

- Balbina Maria da Rocha 

- Otavia da Rocha (*20/11/1920, Barra Velha)
Casou com Emilio Caetano Ferreira (*08/04/1922, Barra Velha), filho de Caetano Ricardo Ferreira e Estanislava Maria Deteneski, no dia 29/07/1944, no Itaperiú.

- Benta da Rocha (*08/06/1922, Barra Velha)
Casou com Felicio Rodolfo Gonçalves (*03/05/1919, Ilhota), filho de Rodolfo Felicio Gonçalves e Angelina Bonifacio, no dia 29/07/1944, no Itaperiú.
     - Agenor Gonçalves (*02/05/1943)

- Verginia da Rocha 
Casou com Ozorio Nascimento

- Lavina Maria da Rocha (*~1919)

- Francisco Elias da Rocha (*19/09/1925 +14/08/1994 Sep: Santa Cruz)

- Maria da Rocha (*17/10/1927, Massarandubinha)

- Emilina da Rocha (*07/01/1929, Ribeirão da Lagoa, Massaranduba)
Casou com João Vitorino

- Adelino Elias da Rocha (*~1931)




7. Norberto Cypriano da Rocha (*02/03/1882, Camboriú +16/05/1953 Sep: São João do Itaperiú). Não aprendeu a escrever. Morou no Morro dos Monos.
Casou com Rosalina Maria de Jesus (*15/08/1883?, Barra Velha +03/05/1948, Ribeirão do Salto Sep: São João do Itaperiú), moradora no Ribeirão do Salto, filha de José Joaquim dos Santos e Maria Rosa de Jesus, no dia 08/04/1905, na casa de Marcellino Silveira Catharina, no Ribeirão do Salto.
Filhos:

- Valfrido Norberto da Rocha (*08/12/1907, Itaperiú, Barra Velha). Não aprendeu a escrever.
Casou com América Maria Pereira (*30/04/1914, Barra Velha), filha de Vicente José Pereira e Verissima Ana Pereira, no dia 22/09/1934, em São João do Itaperiú.

- Rosalino da Rocha (*06/08/1909, Itaperiú, Barra Velha)
Casou com Maria Pereira (*05/03/1916, Barra Velha), irmã de sua cunhada America, filha de Vicente José Pereira e Verissima Ana de Jesus, no dia 26/12/1950, no cartório de Barra Velha.

- Luzia Rosalina da Rocha (*13/12/1918, Itaperiú, Barra Velha +27/05/2007 Sep: Santa Cruz)
Casou com Otavio Onofre Forte (*22/10/1911, Barra Velha +03/12/1968, sua casa, Barra Velha Sep: Santa Cruz), filho de Onofre Ignacio Forte e Amelia Maria da Silva, no dia 10/02/1934, na casa de Marcelino José Vieira, no Ribeirão do Salto.
Após ficar viúva, Luzia casou-se novamente no dia 18/12/1964, em Joinville.

- R.. da Rocha (*~1912, Itaperiú, Barra Velha)

- Catolino Norberto da Rocha (*17/07/1914, Itaperiú, Barra Velha +08/07/2008 Sep: São João do Itaperiú). Morou no Ribeirão do Salto.
Casou com Valentina Delmonego Borges (*18/10/1917, Barra Velha +19/12/1996, Joinville Sep: São João do Itaperiú), filha de Vicente Joaquim Borges e Giulia Maria Del Monego, no dia 09/11/1940, na casa de Alfredo Bento de Borba, em São João do Itaperiú.
     - Norberto Catolino da Rocha (*~1941)
     - Maria Valentina da Rocha (*~1942)
     - Vicente Catolino da Rocha (*~1943)
     - Eulalia Valentina da Rocha (*~1945)
     Casou com João da Silva, no dia 06/02/1965, no cartório de Barra Velha.
     - José Catolino da Rocha (*~1946)
     - Catulino da Rocha Filho (*~1947)
     Casou com Maria Soberanski dos Santos, no dia 24/11/1973, no cartório de Barra Velha.
     - João Catulino da Rocha (*~1948)
     - Benta Valentina da Rocha (*~1949)
     - Valdecir Catolino da Rocha (*~1952)
     - Valdir Catolino da Rocha (*12/02/1955 +17/06/2005 Sep: São João do Itaperiú)
Viúvo, Catolino casou com Rosangela Terezinha de Souza, no dia 18/07/1997, em Joinville.

- Oracy Rosalina da Rocha (*26/05/1924)
Casou com Eliseu Veiga da Costa (*14/06/1899, Itaperiú), filho de Antonio José da Costa e Catharina Maria da Veiga, no dia 09/11/1946, na casa de Norberto Cipriano da Rocha, no Itaperiú





8. Adelaide Virgina da Rocha (*11/07/1883, Camboriú Bat. 06/01/1884, Gaspar Pad: José Henrique Flores e sua mulher Maria Luzia de Oliveira +Após 1950)
Casou com Alfredo José Poleza (*23/10/1884, Gaspar +17/01/1945, Rio do Morro, Joinville), morador no Itaperiú, filho de José Benendicto Poleza e Maria Emilianna da Silva, no dia 18/06/1908, na casa de Felippe Corrêa da Silva, no Ribeirão do Salto. Moraram no Rio do Morro, em Joinville.
Filhos:

Ver filhos em Família Poleza





9. Leopoldo Cypriano da Rocha (*14/05/1884 Bat. Gaspar +13/12/1971 Sep: Santa Cruz)
Casou com Rosa Lucinda Garcia (*17/05/1887, Camboriú +03/10/1922 Sep: Santa Cruz), filha de José Francisco Garcia e Lucinda Rosa Bernardes, no dia 27/07/1907, no cartório.
Filhos com Rosa:

- Leonel da Rocha (*23/06/1907, Itaperiú +20/09/1960, Rio do Sul)
Casou com Sophia Correa (*19/09/1909), filha de Quintino Correa da Silva e Leonidia Maria de Azevedo, no dia 03/11/1945 no civil.
     - João Rocha (*20/07/1934)
     - Ivanilde Rocha (*03/10/1935)
     - Maria Rocha (*03/03/1938)
     - Laercio Rocha (*09/05/1940)

- Lucinda Roza da Rocha (*19/11/1908, Itaperiú +26/11/1972, Garuva)
Casou com Francisco Quintino Correia (*11/02/1903 +25/09/1994, Itapoá), filho de Quintino Correa da Silva e Leonidia Maria de Azevedo, em 18/02/1928
     - Ver filhos em Família Correa da Silva

- Bertoldo Cipriano da Rocha (*25/01/1910, Itaperiú +13/08/1992 Sep: Santa Cruz)
Casou com Otilia Chaves (*21/04/1914 +17/11/1992 Sep: Santa Cruz), em 26/04/1958, no cartório de Barra Velha.

- Olegario Leopoldo Rocha (*02/10/1912, Itaperiú +16/11/1975 Sep: Santa Cruz)
Casou com Amara dos Santos (*05/01/1918), no civil em 05/10/1950
     - Lourdes Rocha (*18/02/1939)
     - Maria Luci Rocha (*31/03/1940)
     - Clotildes Rocha (*17/10/1941)
     - Elsa Rocha (*29/06/1945 +28/09/2017 Sep: Santa Cruz)
     - José Carlos Rocha (*04/08/1948)
     - João Olegario Rocha (*01/02/1950 +13/03/2013 Sep: Santa Cruz)
     - __ Rocha
     - __ Rocha

- José Leopoldo da Rocha (Dedé) (*27/07/1915, Itaperiú)
Casou com Leonidia Ingracia Coelho (*10/04/1922 +Antes de 2006), em 1939 e no civil em 06/02/1943
     - José Leopoldo da Rocha Filho

- Cipriano Leopoldo da Rocha (*08/07/1917, Itaperiú +Após 1955)
Casou com Gentilia da Silva (*10/07/1919 +Após 1955), no dia 07/01/1948
     - Maria Cilda Rocha (*10/06/1942)
     - Nilda Rocha (*16/07/1943 +30/11/1949, Ribeirão do Salto Sep: Santa Cruz)
     - Jorceli Rocha (*11/09/1944)
     - Jurema da Rocha (*28/08/1947)
     - Creusa Gentilia da Rocha (*~03/1954 +27/07/1955, Santa Cruz, Morro dos Monos Sep: São Francisco do Sul)


Após a morte de Rosa, Leopoldo se casou com Domingas Maria Vieira (*04/02/1902 Bat. Gaspar +14/10/1942 Sep: Santa Cruz), filha de José Vieira dos Santos e Maria Vieira dos Santos, no dia 13/09/1924, na Capela de Santo Antonio de Itaperiú.
Filhos com Domingas:

- Izaura da Rocha (*14/11/1929, Barra Velha)
Casou com Argemiro Luiz Marcelino (*10/11/1925, Barra Velha +22/01/1973, Barra Velha, acidente Sep: Santa Cruz), filho de Luiz Marcelino e Margarida Bernes, no dia 28/10/1950.
     - Terezinha Marcelino (*21/11/1949)
     - _ Marcelino





10. Maria Virgina da Silva Rocha (*08/02/1885, Gaspar, Itajaí +25/06/1945, Morro dos Monos Sep: Santa Cruz). Não aprendeu a escrever.
Casou com Anizio Pereira da Rocha (*~1886, Camboriú +Antes 1923), morador no Itaperiú, filho de Crispiniano Maria da Veiga e Geraldina Pereira da Rocha, no dia 01/02/1908, na casa de Felippe Corrêa da Silva, no Ribeirão do Salto.
Filhos:

- [Ver filhos em Família Veiga]

Viúva, Maria Virgina casou com José Domingos Saramento (*~1884, Itajaí +13/07/1946 Sep: Santa Cruz), morador no Itaperiú, filho de Domingos de Souza Saramento e Maria José Paula, no dia 03/02/1923, na Capela de Santo Antonio em Itaperiú. Foram testemunhas: Thomaz Francisco Garcia e João Maximiano da Silva. Moraram no Morro dos Monos.
Filhos:

- [Ver filhos em Família Sarmento]





11. Amara Verginia da Rocha (*15/01/1896, Itajaí).
Casou com João José Sabino (*26/04/1896), morador no Itaperiú, filho de José João Sabino e Maria Francisca Coelho, no dia 15/07/1922, no Morro dos Monos.





Referências

- APESC. Índice geográfico dos processos de terras da secretaria da agricultura e do abastecimento - Coordenação de Legitimação e Cadastramento de Terras Devolutas - COLECATE. Florianópolis, mar. 2010.
- CARTÓRIO CIVIL. Livros de registros.
- IGREJA CATÓLICA. Livros de registros.
- JORNAL REGENERAÇÃO. Desterro, 30 out. 1889, p.2.
- TOMIO, Telmo. Genealogia e História.