Família Costa


Por Elis de Sisti Bernardes


Ainda no século XIX, na década de 80, mudaram-se para o Itaperiú a família de Manoel José da Costa e Felisbina Francisca Rosa de Jesus.

Manoel José da Costa era filho de Floriano José da Costa, natural da Enseada de Brito, e Isabel de Santa Rosa, natural de Santo Antônio de Lisboa, em Desterro. Neto paterno de João da Rocha, natural da Ilha Terceira, nos Açores, e de Francisca Rosa, natural da Enseada de Brito. Neto materno de José Silva Correia, natural de Santo Antônio de Lisboa, e de Victoria Joaquina, natural do Rio Grande.

Felisbina Francisca Rosa de Jesus era filha de Francisco Antonio Cardoso, natural da Lagoa da Conceição, em Desterro, e de Francisca Rosa de Jesus. Neta paterna de João Cardoso e Maria de Jesus, naturais da Ilha Terceira, e materna de Antônio Machado da Veiga, natural da Ilha Graciosa, e Liboria de Jesus, natural da Ilha Terceira, nos Açores. Seus avós migraram dos Açores para Santa Catarina entre 1748 e 1756.

Manoel e Felisbina moraram em Camboriú e tiveram os seguintes filhos:
1. José Manoel da Costa (*20/09/1834, Camboriú)
2. Rita Felesbina da Costa (*~1835, Camboriú)
3. Maria Felesbina da Costa (*~1835, Camboriú)
4. Victalina Felesbina da Costa (*02/01/1838, Camboriú)
5. Ignacia Francisca da Costa (*~1840, Camboriú)
6. Agostinha Felesbina da Costa (*~1843, Camboriú)
7. Thomazia Felesbina da Costa (*~1846, Camboriú)
8. Lucinda Francisca da Costa (*~1847, Camboriú)
9. Francisca Felisbina da Costa (*~1848, Camboriú)
10. Antonio José da Costa (*~1852, Camboriú)

Em Camboriú os filhos se casaram e na década de 1880 se mudaram para o Itaperiú, na Freguesia de Barra Velha, onde já morava há muitos anos a família de um sobrinho de Felisbina, Joaquim José Pereira.



Filhos:





1. José Manoel da Costa (*20/09/1834, Camboriú Bat. 07/12/1834, Itajaí Padr: Floriano José da Costa e Teodora)
Casou com Jesuina Maria da Silva, filha de João Antonio da Silva Appolinario e Felisbina Maria da Silva. Moraram no Sertão dos Alemães, em Camboriú (1866-1875) e em Gaspar (1879).


Filhos:

1.1 Felisbina Jesuina da Costa (*~1862, Camboriú)
Casou com Francisco Antonio de Oliveira (*~1858, Itajaí), filho de Antonio José Machado e Maria Bernarda de Jesus, dia 08/11/1879, em Gaspar.


1.2 Procopia (*27/11/1864, Camboriú Bat. 16/01/1865, Camboriú Padr: Manoel Borges Correia Feijó e Procopia Maria da Silva)


1.3 Eusébio José da Costa (*14/08/1866, Sertão dos Alemães, Camboriú Bat. 17/021867, Camboriú Padr: Jesuíno José de Bittencourt e Joanna Lopes da Silva)


1.4 Verissimo José da Costa (*26/09/1868, Camboriú Bat. 31/08/1869, Camboriú Pad: Thomas Antonio da Silva Appolinario e sua mulher Maria Genoveva da Costa +Antes 1968)
Casou com Rosalina Maria da Conceição (*~1885 +Antes 1968), filha de Manoel Antonio Machado e Maria da Conceição, no dia 21/09/1907, em Gaspar. Morou em Gaspar e mudou-se com a família para o Itaperiú após 1908.
Filhos:

- Maria da Costa (*02/09/1900, Gaspar +16/11/1992, São João do Itaperiú Sep: São João do Itaperiú)
Casou com Toríbio Urgel Bernardes (*29/07/1913 +06/02/1989 Sep: São João do Itaperiú), filho de Urgel José Bernardes e Saturnina Maria de Ávila, no dia 06/10/1934.

- José Verissimo da Costa (*23/07/1908, Gaspar +29/06/1968, São João do Itaperiú Sep: São João do Itaperiú) 
Casou com Waldemaria Bernardes (*03/01/1912 +27/07/2006 Sep: São João do Itaperiú), no dia 02/07/1938. Moraram em São João do Itaperiú.
Filhos:
- Alvino Bernardes da Costa
Casou com Florença.
- [filho/a]
- [filho/a]


1.5 Rita (*22/05/1870, Sertão, Camboriú Bat. 21/08/1870, Camboriú Padr: Manoel Borges Correa Feijó e sua mulher Procopia Maria da Silva)


1.6 Eleutéria Jesuina da Costa (*10/06/1875, Camboriú)
Casou com Manoel de Sousa e Silva (*05/08/1870, Penha de Itapocoroy, filho de João de Sousa da Silva e Maria Florência da Conceição, no dia 09/11/1895, em Gaspar. 
Filhos: 

- João de Sousa e Silva (*25/02/1899) 

- Maria Eleutéria de Sousa (*04/06/1902)






2. Rita Felesbina da Costa (*~1835, Camboriú +Após 1904)
Casou com Ledovino José dos Santos (*01/09/1827, Camboriú +19/12/1899, Itaperiú, Barra Velha Sep: Itapocú), filho de Constantino José dos Santos e Bibiana Rosa de Jesus.
Moraram em Camboriú e mudaram-se para a Freguesia de Barra Velha por volta de 1885, estabelecendo-se no Itaperiú.





3. Maria Felesbina da Costa (*~1835, Camboriú +Antes 1919)
Casou com Manoel Raymundo da Silva (*Camboriú +Antes 1919). 
Moraram no Ribeirão do Salto, no Itaperiú (1898). 
Filhos:

- Ver filhos em Família de Manoel Raymundo da Silva






4. Victalina Felesbina da Costa (*02/01/1838, Camboriú Bat. 03/05/1838, Itajaí Padrinhos: José Tomás da Costa e Genoveva Maria +1890-1898)
Casou com Manoel Cunha de Souza (*Camboriú +Após 1900), filho de João da Cunha de Souza e Anna Joaquinaem Camboriú.
Moraram em Camboriú e mudaram-se para o Itaperiú antes de 1889.

Filhos:

- Ver filhos em Família Cunha de Souza





5. Ignacia Francisca da Costa, ou Ignacia Felisbina (*~1840, Camboriú +1903-1908)
Casou com Manoel Severo Coelho (*~1839, Camboriú +Antes 1903), filho de Silvério José Coelho da Rocha e Maria Rosa de Jesus. Manoel mudou-se com a família do sogro e com a esposa e os filhos para o Itaperiú antes 1885.

Filhos:

Ver filhos em Família Coelho da Rocha






6. Agostinha Felesbina da Costa (*~1843, Camboriú +Antes 1905). Não sabia escrever.
Casou com José Maria de Simas (*~1842, Camboriú +Após 1905), filho de José Luiz de Simas e Maria Leonor de Simas. Moraram em Camboriú e mudaram-se para o Itaperiú antes de 1896.
Filhos:






7. Thomazia Felesbina da Costa (*~1846, Camboriú)
Casou com João Felisberto Pereira (*Itapocoroy +Antes 1900), filho de Felisberto José Pereira e Maria Rosa de Jesus Correia da Silva. Moraram em Camboriú, na Freguesia de Penha, e voltaram para Camboriú.

Filhos:

7.1 Margarida Thomazia da Costa (*12/06/1867, Sertão, Camboriú Bat. 08/08/1867, Camboriú Padr: João Pereira da Silva Catharina e Protetora N. S. do Bom Sucesso). Morou no Itaperiú.
Casou com seu primo João Manoel da Cunha (*~1861, Camboriú), filho de Manoel Cunha de Souza e de sua tia materna Victalina Felesbina da Costa, no dia 30/12/1900, às duas horas, no cartório de Barra Velha. Foram testemunhas: João Olegario da Silva, que era o Escrivão; Ambrozio Manoel da Cunha, de 23 anos; e Maria Francisca Borges, 22 anos, ambos lavradores, no Itaperiú.
Filhos: - Ver filhos em Família Cunha de Souza


7.2 João (*05/10/1872 Bat. 10/08/1873, Penha Padr: João Raulino Pereira e Ignez Maria)


7.3 Maria (*17/04/1875 Bat. 16/11/1875, Penha Padr: Manoel Alberto de Borba e Maria Florentina de Jesus, solteiros)


7.4 Ludgera (*15/04/1881 Bat. 17/07/1881, Penha Padr: Floriano Antonio de Borba e Nossa Senhora da Penha)


7.5 Clara (*30/06/1883, Sertão dos Alemães, Camboriú Bat. 08/09/1885, Camboriú Padr: Guilherme José Rebello e Clara Maria da Silveira, solteiros)





8. Lucinda Francisca da Costa (*~1847, Camboriú)

Casou com Felizardo Francisco Vieira, filho de Zeferino Francisco Vieira e Lucinda Rosa de Souza. 

Filhos:

- Casemira (*04/03/1867, Sertão, Camboriú Bat. 10/05/1867, Camboriú Padr: Bernardo Raimundo da Silva e Joaquina Felisbina da Costa)


- Maria (*25/03/1872, Sertão dos Alemães, Camboriú Bat. 26/04/1873, Camboriú Padr: Manoel Correia Feijó, casado, e Maria Bernardina da Silva, viúva)


- Marcellino (*02/06/1877, Sertão dos Alemães, Camboriú Bat. 02/02/1878, Camboriú Padr: Antonio Manoel da Costa e Damazia Rosa de Jesus)


- José (*29/05/1885, Alemães, Camboriú Bat. 05/01/1886, Camboriú Padr: José Pereira de Miranda e sua mulher Anna Mauricia da Silva)


9. Francisca Felisbina da Costa (*~1848, Camboriú)
Casou com Jesuino Correia da Silva, filho de Jozé Correia da Silva e Ignes Maria da Incarnação.

Filhos:

- João (*16/09/1878, Sertão dos Alemães, Camboriú Bat. 07/06/1879, Camboriú Padr: Jacintho de Borba Coelho e sua filha Maria Carolina Pereira)





10. Antonio José da Costa (*~1852, Camboriú)


Antonio José da Costa nasceu por volta de 1852, em Camboriú, filho de Manoel José da Costa e de Felisbina Rosa de Jesus. Aprendeu a ler e a escrever.

Casou com Catharina Maria da Veiga, filha de Gabriel Maria da Veiga e Maria Thomazia Floriana de Jesus, na Igreja Matriz da Freguesia de Camboriú. Catharina nasceu por volta de 1867 e era neta paterna de João Maria da Veiga e Vicência Rosa de Jesus e neta materna de Thomazia Floriana de Jesus.

No dia 07 de abril de 1884, Antonio José da Costa e seu sogro, Gabriel Maria da Veiga, pediram ao Estado para comprarem 1.830 metros de terras de frente, com 1.830 de fundos, no Itaperiú. No dia 04 de outubro do mesmo ano, tiveram seu requerimento concedido e o Estado impôs o preço de dois réis a braça quadrada, totalizando dois milhões de réis.

Jornal A Regeneração, Desterro, 23 de abril de 1884, Requerimentos despachados em 07 de abril de 1884.

Antonio então mudou-se com sua esposa e com a família do sogro para o Itaperiú, na Freguesia de Barra Velha, estabelecendo-se nas proximidades onde hoje se encontra o km 6 da Rodovia SC-415. No Itaperiú seu sogro montou uma serraria e teve grande plantação de café. Antonio foi lavrador.

No Itaperiú, Antonio e Catharina tiveram os seguintes filhos: 

- Higina, nascida em 11 de janeiro de 1885
- Milão, nascido no dia 30 de outubro de 1887
- Cyriaco, nascido no dia 16 de março de 1889
- Tartino, nascido em 23 de março de 1890
- Abraam, nascido em 16 de março de 1893
Eliseu, nascido dia 14 de junho de 1895
- Lazaro, nascido em 11 de fevereiro de 1898
- Bento, nascido em 19 de maio de 1902. 

Antonio José da Costa faleceu antes de 1926, quando viajou com o filho Bento para Camboriú para visitar os parentes. Antonio foi enterrado em Camboriú e a esposa e os outros filhos só ficaram sabendo quando Bento retornou com a notícia.

Filhos:


10.1 Higina, conhecida como Gina, nasceu no dia 11 de janeiro de 1885, no Itaperiú. 
Morou em Itajaí, onde faleceu. 


10.2 Milão nasceu no dia 30 de outubro de 1887, no Itaperiú.


10.3 Cyriaco Veiga da Costa nasceu no dia 16 de março de 1889, no Itaperiú, às três horas da tarde.
Casou com Adelia Luiza Borges, nascida no dia 30 de janeiro de 1907, no Morro Grande, filha de José Joaquim Borges e de Luiza Brígida Borges, no dia 01 de março de 1924, na casa de Alfredo Bento de Borba, no Itaperiú. 
Moraram no Itaperiú, na propriedade de seu pai Antonio José da Costa e tiveram os seguintes filhos:
Cyriaco faleceu no dia 13 de julho de 1980, aos 91 anos de idade. Adelia faleceu no dia 22 de maio de 1998. Estão sepultados no Cemitério São João Batista, em São João do Itaperiú.
Filhos:
- José Ciriaco da Costa
- Luisa Borges
- Antonio da Veiga da Costa (*01/1932 +08/05/1933, Itaperiú)
- Felipe Tiago da Costa
- Eucelino Veiga da Costa (*08/07/1935 +27/03/2017 Sep: São João do Itaperiú)
- Maria da Costa
- Hilaura Adélia da Costa
Casou com Moises Joaquim Borges (*19/02/1934 +08/07/2003 Sep: São João do Itaperiú), filho de Joaquim Tomas Borges e Maria da Silva.
          - Adilson Borges
          - Lindomar de Jesus Borges
          - Adenilton Borges
          - Anilton Borges
          - Altamir Borges
- Doraci Borges da Costa
Solteira, teve o filho:
          - João Luiz da Costa (*01/03/1973, Joinville +22/05/1995, de acidente de trânsito Sep: São João do Itaperiú)
- Maria Angela da Costa


10.4 Tartino, registrado como Tartoino, nasceu no dia 23 de março de 1890, no Itaperiú. Era cego. Não se casou. Possuiu uma venda que se localizava na entrada da Grota Funda. 
Tartino faleceu em São João do Itaperiú. 


10.5 Abrão, ou Abraam, nasceu no dia 16 de março de 1893, às cinco horas da manhã, na casa dos pais, no Itaperiú.


10.6 Eliseu Veiga da Costa nasceu no dia 14 de junho de 1895, às duas horas da manhã, na casa dos pais, no Itaperiú.
Casou com Oracy Rosalina da Rocha. Oracy nasceu no dia 26 de maio de 1924, no Itaperiú, filha de Norberto Cipriano da Rocha e de Rosalina Maria de Jesus. O casamento civil ocorreu no dia 04 de novembro de 1946, na casa de seu sogro. Foram testemunhas, seu primo Gabriel João da Veiga; o irmão de Oracy, Catulino Norberto da Rocha com sua mulher Valentina Borges da Rocha; e José Horacio Soares; todos lavradores. Também estavam presentes, seus primos Gabriel Maria da Veiga, Pedroso Gabriel da Veiga, Claudio Guilherme Veiga, e seu sobrinho José Ciriaco da Costa, e Antonio Lazaro Costa.
Eliseu e Oracy moraram no Itinga e tiveram dois filhos:
Eliseu faleceu no dia 01 de dezembro de 1957.
Filhos:
- Armando (*~1955)
- Rosalina (*1957)


10.7 Lazaro Antônio da Costa nasceu no dia 11 de fevereiro de 1898, no Itaperiú. No registro de casamento está que ele nasceu no dia 08 de fevereiro de 1900.
Casou com Rita Ignez da Silva, no dia 10 de abril de 1926, na casa de sua sogra, no Itaperiú. Foram testemunhas, João Damasceno da Veiga, tio de Lazaro, de 56 anos, lavrador, morador no Itaperiú; e o irmão de Rita, Luiz João Baptista, de 30 anos, lavrador, morador no Itaperiú, com sua mulher Ursula Anna de Azevedo.
Rita nasceu no dia 09 de maio de 1894, em Tijucas, filha de João Baptista da Silva e de Ignez Maria Cavilha, moradores no Itaperiú.
Lazaro faleceu aos 83 anos, no dia 15 de maio de 1981, no Itapocú. Rita faleceu no Itapocú.


10.8 Bento Veiga da Costa nasceu no dia 19 de maio de 1902, no Itaperiú. Não se casou e faleceu em São João do Itaperiú. 





Referências

- CARTÓRIO CIVIL. Livros de registros.
- IGREJA CATÓLICA. Livros de registros.
- TOMIO, Telmo. Genealogia e História.