Família de Fernando José Pereira


Por Elis de Sisti Bernardes


Ainda no século XIX, mudou-se para o Itaperiú a família de Fernando José Pereira.

Fernando José Pereira, ou Fernandes Jacintho Pereira nasceu em Camboriú, filho de Jacintho Florindo Pereira e de Alexandrina Rosa de Jesus.

Casou com Anna Rosa de Jesus, nascida em Camboriú, filha de José Ignacio de Sant’Anna e de Maria Rosa de Jesus, naturais de Camboriú.



Filhos:



1. Maria (*07/04/1874, Cunhanduba, Itajaí Bat. 13/06/1874, Itajaí Padr: Domingos Joaquim dos Anjos, casado, e Maria dos Carmo, solteira)





2. Margarida (*25/02/1878 Bat. 21/04/1878, Brusque Padr: Florentino José da Silveira e Francisca Theresa)





3. Bernardino Fernandes Pereira (*~1882, Camboriú). Não sabia escrever.
Casou com Procopia Thomazia de Jesus (*~1875, Camboriú), filha de Thomaz Ignacio da Silva e Thomazia Camilla de Jesus, moradora no Itaperiú, no dia 05/04/1902, no cartório de Barra Velha. Foram testemunhas: Domingos José de Borba, 45 anos, lavrador, no Itaperiú; Paulo Affonso Hanngraf, 28 anos, padeiro, neste distrito; Rosa Francisca de Borba, 43 anos, serviço doméstico, no Itaperiú. Também estavam presentes: José Antonio de Freitas e Maria Magdalena Breneisen.





4. Carlos (*04/11/1882, Várzea do Ranchinho, Camboriú Bat. 02/06/1883, Itajaí Padr: Candido José Borges e Maria Mathildes de Jesus)





5. Verissima Anna de Jesus (*03/10/1884, Varzea do Ranchinho, Camboriú Bat. 21/02/1885, Itajaí Padr: Belmiro Querino Bernardes e Maria Belisaria Pacheco, solteiros +Antes 1925). Não sabia escrever.
Casou com João Thomaz da Silva (*~1877, Camboriú +10/08/1912, Morro dos Monos, de pneumonia Sep: Itaperiú), filho de Thomaz Ignacio da Silva e Thomazia Camilla de Jesus, lavrador, morador no Itaperiú, no dia 14/04/1900, na casa de Domingos José de Borba, no Itaperiú. Foram testemunhas: Marcellino Silveira Catharina, 38 anos, lavrador, no Itaperiú; Domingos José de Borba, 42 anos, lavrador, no Itaperiú; e Rosa Francisca de Borba, 40 anos, lavradora, no Itaperiú. Também estavam presentes: Jacintho José de Borba, Carolina Ramos Pereira de Braga, Raymundo Rosa de Silveira e Romão Pereira Soares. Moraram no Morro dos Monos, em São João do Itaperiú.
Filhos:

- Ver filhos em Família de Thomaz Ignacio da Silva

Após viuvar de João Thomaz, Verissima casou com Vicente José Pereira (*19/07/1879, Camboriú +23/11/1944, Ribeirão do Salto, Itaperiú Sep: Santa Cruz), filho de José Manoel Pereira e Delphina Camilla de Jesus, naturais de Camboriú, morador no Brilhante, na Freguesia de Itajaí, no dia 15/02/1913, na Capela do Brilhante. Foram testemunhas: Frederico Thomaz da Silva e Manoel Vicente. Após o casamento a família estabeleceu-se no Itaperiú, onde Verissima já morava com o falecido marido. A união civil ocorreu apenas no dia 31/10/1921, na casa de João Maria de Almeida, no Itaperiú. Foram testemunhas: José Vicente Coelho, 75 anos, Bernardina Rosa Bernardes, 56 anos, lavradores e moradores no Itaperiú; e Belmirio Francisco Bernardes. Também estavam presentes: José Francisco da Silva, o Juiz de Paz Abilio Augusto dos Passos e o Escrivão João Olegario da Silva.
Filhos:

- Ver filhos em Família de Vicente José Pereira





6. Christina (*26/02/1897 Bat. 23/03/1897, Itajaí Padr: Alexandre Silveira de Andrade e Clementina Rosa de Jesus)





Referências

- CARTÓRIO CIVIL. Livros de registros.
- IGREJA CATÓLICA. Livros de registros.