Família Machado


Por Elis de Sisti Bernardes




A família de Damasio José Pereira Machado e Thomasia Rosa de Jesus morava na Freguesia de Barra Velha, na região do Rio Itapocú e já estava estabelecida no Itaperiú antes de 1889.

Damasio José Pereira Machado nasceu por volta de 1828, em Camboriú, filho de José Francisco de Oliveira e Narcisa do Espírito Santo. Não aprendeu a escrever.

Thomasia Rosa de Jesus nasceu por volta de 1830, em Camboriú, filha de José Thomas de Espindola e Maria Joaquina Roza. Não aprendeu a escrever.

O casal morou na Freguesia de Barra Velha onde foram lavradores e onde nasceram seus filhos:
1. Candido Damazio Machado (*~1855)
2. Maria Thomasia de Jesus (*~1860)
3. Maria Thomasia da Conceição (*~1862, Barra Velha)
4. Cypriana Thomazia Jesus (*11/1862, Barra Velha)
5. José Damasio Machado (*11/1862, Barra Velha)
6. João Damasio Machado (*24/03/1864, Barra Velha)
7. Antonio Damasio Machado da Lus (*05/02/1866, Barra Velha)
8. Narciza Thomazia Jesus (*27/03/1869, Barra Velha)
9. Gregorio Damasio Machado Pereira (*29/03/1871, Barra Velha)
10. Procopia Thomazia de Jesus (*08/07/1874, Barra Velha)

Damasio José Machado faleceu após 1897.

Thomasia Rosa de Jesus faleceu após 1893.




Filhos:



1. Candido Damazio Machado nasceu por volta de 1855, em Camboriú. Sabia escrever.

Casou com Joanna Francisca da Silva, natural de Camboriú, filha de José Francisco da Silva e Diolinda Rosa de Jesus, na Igreja Matriz da Freguesia de Penha.

Moraram no Saltinho (1891-1895), onde Candido foi lavrador.

Candido Damazio Machado faleceu após 1896.

Filhos:

- Maria Candida da Silva (*16/11/1875, Barra Velha Bat. 07/03/1876, Barra Velha Pad: José Francisco Raimundo e Maria Diolinda de Jesus)
Casou com Manoel Thomaz da Silva (*~1869, Itapocú), morador no Saltinho, município de Joinville, filho de Jose Thomaz da Silva e Maria Jacintha da Conceição, no dia 29/06/1895, no Itapocú. 

- Isabel (*18/01/1877, Barra Velha Bat. 15/04/1877, Barra Velha Padr: José Pereira Soares e Cypriana Thomasia de Jesus)

- Thomasia (*18/06/1880, Barra Velha Bat. 01/09/1880, Barra Velha Padr: João Florencio Pereira e Rosa Francisca da Silva)

- Sergio Candido Machado (*09/09/1882, Barra Velha Bat. 27/09/1882, Barra Velha Padr: José Damasio Machado e Maria Laurinda da Conceição).
Casou com Felicidade Maria de Senne. Moraram no Morro Grande, Itapocú.
     - Justina (*~1912 +07/05/1921, Morro Grande, Itapocú, de febre Sep: Itapocú)

- Leonídia (*11/03/1885, Barra Velha Bat. 07/07/1885, Barra Velha Padr: João Vieira Junior e Leonidia Francisca de Silva)

- João (*18/10/1886, Barra Velha Bat. 02/06/1888, Barra Velha Padr: Adriano de Carvalho e Carolina Diolinda de Jesus)

- Deolinda (*16/01/1889, Barra Velha)




2. Maria Thomasia de Jesus nasceu por volta de 1860.

Casou com Gregorio Francisco Dias, filho de Francisco Domingos Dias e Maria Fernandes. Moraram em Barra Velha e mudaram-se para Massaranduba (1908-1915).

Gregorio Francisco Dias faleceu entre 1911 e 1915.

Maria Thomasia faleceu após 1915.

Filhos:

- Francisco Gregorio Dias (*~1880, Barra Velha). Não sabia escrever. Morou em Massaranduba.
Casou com Bernardina Anna de Jesus (*~1894, Barra Velha), moradora no Ribeirão da Lagoa, filha de Leopoldino Ignacio Senne e Anna Rosa de Jesus, no dia 25/09/1915, na casa de José Heidrich, no Ribeirão da Lagoa, pelo cartório de Barra Velha.
Filhos:
     - Paulo (*12/01/1919 Bat. 02/11/1919, Guarani-mirim Padr: Francisco Antonio Candido e Verginia Domingo de Souza)

- Maria (*28/03/1882, Barra Velha Bat. 23/09/1882, Barra Velha Padr: José Damasio Machado e Clarinda Thomasia da Conceição)

- Alzira Maria Dias (*19/01/1884, Barra Velha Bat. 10/08/1884, Barra Velha, como "Elziria" Padr: Jose Pereira de Quadro e Cypriana Thomasia de Jesus)
Casou com Alexandre Francisco Marcellino (*~1883, Barra Velha), morador de Massaranduba, filho de Francisco Marcellino Furtado e Prudencia Maria Rosa, no dia 29/02/1908, na casa de de José Heidrisch, no Ribeirão da Lagoa da Estrada da Massaranduba, pelo cartório de Barra Velha.

- Damaso Gregorio Dias (*14/01/1886, Barra Velha Bat. 10/05/1886, Barra Velha, como "Damazio" Padr: Antonio Damazio da Luz e Silvana Francisca da Silveira). Sabia escrever.

- Melchiades Gregorio Dias (*~1889, Barra Velha). Morou em Massaranduba.
Casou com Arminda Maria do Rosario (*~1893, Barra Velha), filha de Antonio Manoel Lopes e Maria Luzia da Conceição, moradores de Massaranduba, no dia 23/12/1911, no cartório de Barra Velha.





3. Maria Thomazia da Conceição nasceu por volta de 1862, em Barra Velha.

Casou com Antonio Manoel dos Santos, natural de Porto Bello, filho de Manoel Antonio dos Santos e Sebastiana Luiza de Souza, na casa de João Luis de Souza, no Rainha, no Itapocú. Moraram no Itaperiú (1888-1890) e na Ilha das Onças (1894-1898).

Filhos:

- Ver filhos em Família de Antonio Manoel dos Santos





4. Cypriana Thomazia Jesus nasceu em novembro de 1862, em Barra Velha, onde foi batizada no mesmo dia de seu irmão José, no dia 21 de dezembro de 1862. Foram seus padrinhos, João Pereira Catharina e Maria Francisca, filha de Felisbino da SilvaNão aprendeu a escrever. Morou no Itaperiú.

Casou com Mathias Sabino de Oliveira, no dia 12/09/1890, na casa de seu pai, no Itaperiú. Onofre Francisco da Rosa foi o Juiz de Paz e João Olegario da Silva o Escrivão. Foram testemunhas, seu irmão José Damasio Machado, de 27 anos; José Galdino da Rocha, de 50 anos; Eufrasio Soares da Costa, de 50 anos; e Marcellino Silveira de Catharina, de 28 anos; todos lavradores e residente no distrito de Barra Velha. Também estavam presentes, Raymundo Rosa da Silveira, Serafim Lucas Machado, José Feliciano Machado e Maria Felesbina Soares da Silva.

Mathias nasceu por volta de 1863, em Barra Velha, era viúvo de Anna Angelica de Jesus, filho de Sabino Francisco de Oliveira e Rosa Maria de Jesus, e morador na Freguesia de Barra Velha. Mathias e Cypriana são parentes em quarto grau.





5. José Damasio Machado nasceu em novembro de 1862, em Barra Velha, onde foi batizado no dia 21 de dezembro de 1862. Foram seus padrinhos, José Albino de Souza e Maria Rosa, solteira, filha de Galdino Antonio da Rocha.

Casou com Maria Joaquina Pereira, natural de Barra Velha, filha de João Antonio da Silva Appolinario Junior e Joaquina Pereira da Silva, moradora no Itapocú, no dia 20/02/1887, em Barra Velha, em cerimônia realizada pelo Padre Vicente d'Angenzio. Foram testemunhas, Luis Rodrigues de Carvalho e Manoel Joaquim Borges.

Moraram no Itaperiú.

Filhos:

Bernardina (*29/06/1891, Itaperiú, Barra Velha)

João (*01/10/1895, Itaperiú, Barra Velha)




6. João Damasio Machado nasceu no dia 26 de março de 1864, em Barra Velha, onde foi batizado no dia 12 de março de 1865. Foram seus padrinhos, João Machado Pereira e Maria Faustina Graça. Não aprendeu a escrever. Morou no Itaperiú.

No Itaperiú, conheceu Bernardina Joaquinna Pereira, conhecida também como Bernardina Apolinaria da Silva, João Antonio da Silva Appolinario JuniorJoaquina Pereira da Silva, nascida por volta de 1872, em Barra Velha. Aprendeu a ler e a escrever. Perdeu os pais ainda jovem. Órfã, ficou sob os cuidados de seu tio, João Pereira da Silva Catharina, irmão de sua mãe.

O casamento religioso ocorreu no dia 21/04/1889, às sete horas da manhã, segundo os costumes do império, na Igreja Matriz da Freguesia da Penha de Itapocoroy, em cerimônia realizada pelo Padre Vicente de Argenzio. Foram testemunhas: Luis Rodrigues de Carvalho e Lino Antonio da Rocha.

O casamento civil ocorreu em seguida, no mesmo dia, no Cartório de Barra Velha. Foram testemunhas, Luis Rodrigues de Carvalho, de 50 anos, negociante, residente no Itapocú, e Lino Antonio da Rocha, de 50 anos, lavrador, residente no Escalvado. Também estava presente Jose Anthonio Mendes.

O casal morou no Itaperiú e no Escalvado.

João Damasio Machado faleceu aos 64 anos, no dia 26 de novembro de 1928, no Salto do Itapocú, por ter diabetes. Foi sepultado no Cemitério público do Itapocú.

Bernardina Apolinária Machado faleceu no dia 24/05/1930, às vinte e duas horas, no Escalvado, em Barra Velha. Foi sepultada no Itapocú.

Filhos:

Maria Bernardina Machado (*03/06/1890, Itaperiú, Barra Velha +31/07/1927, Salto do Rio Itapocú, Paraty, de febre Sep: Itapocú)
Casou com Eugenio da Costa Cidral (*~1878, Joinville), filho de Manoel da Costa Cidral e Maria Alves da Costa, no dia 29/11/1913, na casa de seu pai, no Escalvado.
     - João
     - Irineu
     - Manoel
     - Maria
     - Rosa
     - Amelia
     - Izaura 

José João Machado (*09/08/1891, Itaperiú, Barra Velha +Após 1940). Foi comerciante.
Casou com Maria Amanda da Conceição (*~1894 +10/06/1952, Escalvado do Itaperiú Sep: Itapocú), filha de Amandio João Claudino e Maria Rosa da Conceição, no dia 27/12/1913, no cartório do Itapocú. Moraram no Escalvado do Itaperiú (1922-1925).
Filhos [13]:
      - Rosa Maria Machado (*22/06/1910, Barra Velha +29/06/1997, Porto do Itaperiú, São João do Itaperiú Sep: Joinville)
      Casou com Antonio João Fagundes (*11/01/1906, Barra Velha +Antes 1997), filho de João Onofre Fagundes e Maria Rosa de Borba, no dia 29/12/1934, na casa de seu pai, no Escalvado. Moraram no Itinga e no Porto do Itaperiú, São João do Itaperiú. Tiveram 7 filhos.
      - Avelino José Machado (*10/11/1914, Barra Velha +Após 1952). Foi comerciante.
     Casou com Maria Matildes de Souza (*15/08/1922, Barra Velha), filha de Lauro José de Souza e Matildes Melchiades de Souza, no dia 28/06/1941, na casa de seu cunhado Antonio João Fagundes, no Itinga.
     - Maria José Machado (*17/09/1916 +Após 1952)
     Casou com seu primo Higino Aguiar (*11/01/1912, Itapocú +17/04/1979, Joinville), filho de Astrogildo Odon de Aguiar e de sua tia Judith Bernardina Machado, no dia 06/11/1937, na casa de seu pai, no Escalvado.
     - Margarida Machado (*~1920)
     Casou com Valerio José Fernandes.
     - Izaura Maria Machado (*~03/1922 +10/10/1922, Itaperiú, de febre Sep: Itapocú)
     - Manoel José Machado (*~1923)
     Casou.
     - Pedro José Machado (*~1925 +28/11/1940, Escalvado Sep: Itapocú)
     - Lilia Machado (*29/04/1927, Barra Velha)
     Casou com Valdir Rosa (*13/01/1919, Barra Velha +19/10/1982, Barra Velha Sep: Itapocú), filho de Catulino Onofre Rosa e Adalziza Caetano, no dia 15/12/1945.
     - Elvira Machado (*~1929)
     Casou com José Catulino Rosa.
          - Catulino Machado Rosa (*25/07/19__ +23/04/2014)
          Casou com Cilda Azevedo, filha de Bernardo de AzevedoYolanda Coelho.
     - Judith Maria Machado (*~1930)
     - Alayde Machado (*17/03/1933, Barra Velha)
     Casou com Angelo Borges (*01/08/1920, Penha), alfaiate, filho de Eduardo Nilo Borges e Geraldina Ana de Borba, no religioso dia 28/11/1948, no civil dia 07/05/1949, no cartório de Barra Velha. Filhos:
          - Maria Gilda (*12/05/1950, Barra Velha)
     - Osmarina Maria Machado (*~1935)
     - José João Machado Filho (*~1938)

Judith Bernardina Machado (*~1892 +17/07/1969, Barra Velha)
Casou com Astrogildo Odon de Aguiar (*~1886, Camboriú +03/01/1956, Barra Velha Sep: Barra Velha), filho de Perfeito Manoel de Aguiar e Maria Cândida da Conceição, no dia 13/04/1912, em Barra Velha. Foram negociantes em Barra Velha. Filhos:
     - Ver filhos em Família Aguiar

Severiano João Machado (*08/11/1895, Itaperiú, Barra Velha). Sabia escrever.
Casou com Rosa Maria da Conceição (*15/06/1895, Barra Velha), filha de Amandio João Claudino e Maria Rosa da Conceição, no civil dia 04/04/1920, na casa de Bernardo Rosa da Silveira, no Itaperiú, e no religioso dia 13/06/1920, na Capela de Santo Antonio de Itaperiú. Moraram em Santa Luzia.
     - João Severiano Machado (*20/10/1920, Barra Velha). Morou no Guamiranga.
     Casou com Bernardina Oliveira (*11/09/1920, Guaramirim), Antonio Marcelino de Oliveira e  Leontina Bernardina de Oliveira, moradora em Guaramirim, no dia 03/02/1940, no distrito de Bananal, em Guaramirim.

Antonio João Machado (*~1898 +Após 1927)
Casou com Elvira Maria, antes de 1928.
     - Lourival Antonio Machado. Casou. Filhos: Vera...

- João Bebiano Machado (*~1900)
Casou com Paulina Maria Vieira, antes de 1928.

Olimpio João Machado (*~1903). Morou em Itajaí?.
Casou com Maria Silva Machado, antes de 1928
Casou com Cezarina Ana Mendes.
     - Maria Machado (*16/08/1928, Barra Velha)
     Casou com Pedro Gasino Borba Coelho (*13/12/1925, Barra Velha +09/06/1989, Joinville Sep: Barra Velha), comerciário, filho de Pedro Francisco de Borba Coelho e Maria Gasino, no dia 09/12/1950, no cartório de Barra Velha.
          - Celio Machado Borba Coelho
          - [+ 3 filhos]

Benevenute Bernardina Machado (*~1907). Solteira em 1928.

- Lino João Machado (*08/04/1911)
Casou com Maria Madalena da Silveira (*27/05/1917, Barra Velha +04/05/1958, São Francisco do Sul, por conta de um ferimento por arma de fogo), filha de João Gonçalves da Silveira e Maria Antonia da Conceição, residentes no distrito de Barra Velha, no dia 04/11/1933, na casa de Trajano Augusto dos Passos, no Itaperiú. O casal se separou e ela morou em São Francisco do Sul, onde faleceu.
     - Osmar João Machado
     - Neiva Machado
     - Antonia Machado
     - Leda Machado
     - Marino Machado
     - Deucinéia Machado
     - Marília Machado
Casou com Alice.
     - (Deda)
     - (Jango)

- Maria Bernardina Machado (*~1915)





7. Antonio Damazio Machado da Lus, ou Antonio Damazio Pereira, nasceu no dia 05 de fevereiro de 1866, em Barra Velha, onde foi batizado no dia 20 de setembro de 1866. Foram seus padrinhos, Cipriano José Martins e Mauricia Rosa de Jesus. Foi lavrador.

Casou com Maria Alexandrina que faleceu antes de 1890.

Viúvo, Antonio casou novamente, com Maria Esteva do Rosario, nascida por volta de 1862, em São Francisco, filha de Lucas José Machado e Alexandrina Maria Leal, antes de 1891, na Igreja da Freguesia de Penha.

Moraram no Itapocú e antes de 1890 já moravam no Itaperiú. Antonio faleceu após 1910.

Filho com Maria Alexandrina:

- Eleuterio (*~1896 +30/04/1897, de febre Sep: Itapocú)


Filhos com Maria Esteva do Rosario:

- Procopia (*25/05/1890, Itaperiú)

- Getrude (*15/11/1891, Itaperiú)

- Ernestina (*19/02/1894, Itapocú, Barra Velha)

- Bermira (*17/03/1896, Itaperiú)

- Joanna Maria da Luz (*24/07/1903)
Casou com seu primo José Gregorio Damasio (*22/07/1899, Itaperiú, Barra Velha +Antes 1941), filho de seu tio Gregorio Damazio MachadoMaria Felesbina da Silva, no civil dia 20/08/1921, na casa de Antonio Damazio da Luz, no Itapocú.





8. Narciza Thomazia Jesus nasceu no dia 27 de março de 1869, em Barra Velha e foi batizada no dia 18 de junho de 1869, em Penha. Foram seus padrinhos: Joaquim José Duarte e sua mulher Luísa Caetana de Jesus. Morou no Itaperiú.

Casou com José Demeciano Duarte, natural de Barra Velha, filho de Demeciano José Duarte e Laurinda Maria da Conceição, antes de 1888, na Igreja Matriz de Itapocú. Moraram no Itaperiú.

Filhos:






9. Gregorio Damasio Machado Pereira nasceu no dia 29/03/1871, em Barra Velha, onde foi batizado no dia 01 de maio de 1871. Foram seus padrinhos, Vicente Thomaz Espindola e sua mulher Luiza Roza de Jesus. Não aprendeu a escrever. Morou no Itaperiú.

Casou com Maria Felesbina Basilia da Silva, no dia 25/11/1893, ao meio dia, na casa do Capitão Antonio Rodrigues de Moura, que era o Juiz de Paz. João Olegario da Silva foi o Escrivão. Foram testemunhas, João Martins dos Santos, de 38 anos, lavrador, nos Pinheiros; Janoario de Borba Pereira, de 34 anos, artista, no Itaperiú; e Carolina Martinha Soares Pereira, de 38 anos, lavradora, nos Pinheiros. Também estavam presentes, José Lucas Machado, Domingos Francisco Linhares e Antonio João de Maçaneiro.

Maria nasceu no dia 23/05/1870, em Barra Velha, não aprendeu a escrever, era moradora no Itaperiú , filha de Eufrazio Soares da CostaFelisbina Pereira do Nascimento. Com o casamento passou a se chamar Maria Felisbina Machado.

O casal morou no Itaperiú, onde nasceram seus filhos. Em 1930, Gregorio tinha uma usina de açúcar.

Maria Felisbina Machado faleceu com 71 anos, no dia 26/03/1941, às dezoito horas. Foi sepultada no cemitério da Vila de Itapocú.

Gregorio Damasio Machado faleceu com 73 anos, no dia 14/06/1942, às doze horas, no Itaperiú. Foi sepultado no cemitério do Itapocú.

Filhos:

- Maria Izabel da Silva (*~1893, Itaperiú +Antes 1911)
Casou com Serafim Eufrazio de Sant'Anna (*~1881, Porto Belo +Após 1913), viúvo, morador no Itapocú, filho de Eufrazio Bernabé de Avis e Maria Cypriana da Conceição, no dia 11/09/1909, na casa de Antonio Demeciano Duarte, no Itapocú. Moraram no Itapocú.

- Eduvirges Esteva Machado (*~1895, Barra Velha). Morou no Itapocú em 1911.
Casou com Serafim Eufrazio de Sant'Anna (*~1881, Porto Belo +Após 1913), viúvo, morador no Itapocú, filho de Eufrazio Bernabé de Avis e Maria Cypriana da Conceição, no dia 14/09/1911, no cartório de Barra Velha.

Auta Maria Machado (*12/10/1898, Itaperiú +03/07/1979, Santo Antônio, São João do Itaperiú)
Casou com Egidio José de Borba (*10/09/1885, Barra Velha +11/10/1938, Santo Antônio, São João do Itaperiú), morador no Itaperiú, filho de José de Borba Coelho e Antonia Maria de Assumpção, no dia 29/05/1915, na casa de seu tio João Damasio Machado, no Escalvado.

- José Gregorio Damasio (*22/07/1899, Itaperiú, Barra Velha +Antes 1941). Sabia escrever.
Casou com sua prima Joanna Maria da Luz (*24/07/1903), filha de seu tio Antonio Damazio da Luz e Maria Estevão do Rosario, no civil dia 20/08/1921, na casa de Antonio Damazio da Luz, no Itapocú.
     - Maria 
     - Heitor

Abilio Leoncio Machado (*18/07/1903, Itaperiú +1975, Barra Velha)
Casou com Francisca Julia Machado (*03/12/1911, Barra Velha +1996, Barra Velha), no dia 29/06/1929, em Barra Velha.

João Gualberto Machado (*20/02/1906, Itaperiú)
Casou com Ernesta Albertina de Borba (*18/02/1909, Barra Velha +20/12/1993, Itapocú), filha de Pedro Francisco de Borba Coelho e Albertina Rosa Bernardes, moradores em Barra Velha, no dia 18/07/1931, pelo cartório de Barra Velha.
     - Rosinha (adotiva)

Amelia Maria Machado (*Itaperiú +22/05/1985, Araquari)
Casou com João Climaco Pereira (*30/03/1896, Barra Velha +09/12/1979, Joinville), filho de João Raulino PereiraEduarda Maria da Conceição, no dia 05/09/1925, em Barra Velha.
     - [Ver filhos em Família de Joaquim José Pereira]





10. Procopia Thomazia de Jesus nasceu no dia 08 de julho de 1874, em Barra Velha e foi batizada no dia 10 de dezembro de 1874, em Barra Velha. Foram seus padrinhos: Manoel Berlink da Silva e Ritta Maria de Souza. Não aprendeu a escrever. Morou no Itaperiú.

Casou com Janoario de Borba Pereira (*~1860, São Francisco), de profissão "artista", morador no Itaperiú, filho de Miguel de Borba Pereira, natural de Camboriú, e de Libania Rosa de Jesus, de São Francisco, no dia 03/02/1894, às dez horas, na casa de seu pai, no Itaperiú. Francisco de Paula Vieira foi o Juiz de Paz e João Olegario da Silva o Escrivão. Foram testemunhas, João Felicio de Borba, de 22 anos, lavrador, no Itaperiú; Domingos Francisco Linhares, de 38 anos, lavrador, no Tinga; e Alexandrina Maria Leal, de 52 anos, na Freguesia de Barra Velha. Também estavam presentes, José Appolinario da Cunha e Candido Damazio Machado.

Filhos:






Referências

- IGREJA CATÓLICA. Livros de registros.
- CARTÓRIO CIVIL. Livros de registros.