Família Floriano da Silva


Por Elis de Sisti Bernardes


Ainda no século XIX, antes de 1896, a família de Manoel Floriano da Silva já estava estabelecida no Itaperiú.

Manoel Floriano da Silva nasceu em Itapocoroy.

Casou com Francisca Victalina Rodrigues, natural de Itapocoroy. Moraram no Itapocoroy e mudaram-se para o Itaperiú antes de 1896.



Filhos: 


1. Antonio Manoel Floriano (*~1877, Itapocoroy). Morou no Itaperiú.
Casou com Lealdina Maria de Jesus (*~1878, Barra Velha), filha de Ignacio Antonio Forte e Maria Christina de Jesus, moradora no Itaperiú, no dia 29/08/1896, na casa do Juiz de Paz José Francisco Garcia, no Itaperiú. Foram testemunhas: Antonio José da Costa, de 45 anos; Gregorio Gonçalves de Souza, 38 anos; Maria Luiza da Graça, 40 anos; todos lavradores, no Itaperiú. Também estavam presentes: Feliciano José Coelho; Lucinda Rosa Bernardes; Francisco José Bernardes; Elpidio Buno Garcia. Moraram no Ribeirão do Salto.

- João (*1897)

- Francisca Lealdina Floriana (*~1911 +13/03/1913, Ribeirão do Salto, Barra Velha, de coqueluche Sep: Itapocú)





2. Lourenço Manoel Floriano (*1884, Camboriú). Morou no Itaperiú.
Casou com Maria Thomasia do Espirito Santo (*1886, Camboriú), filha de Thomaz José da Silva e Thomasia Camilla de Jesus, moradora no Itaperiú, no dia 05/04/1902, no Cartório de Barra Velha. Foram testemunhas: José Manoel de Siqueira, 30 anos, lavrador, na Massaranduba, José Antonio de Freitas, 29 anos, lavrador, neste distrito; e Laurinda Thomazia de Jesus, 28 anos, serviço doméstico, na Massaranduba, deste distrito. Também estavam presentes: Paulo Hannegraf; Maria Magdalena Brenaisen; Domingos José de Borba e Helena Olegario Breneisen.






Referências


- CARTÓRIO CIVIL. Livros de registros.
- IGREJA CATÓLICA. Livros de registros.