Família Martins


Por Elis de Sisti Bernardes


Ainda no século XIX, antes de 1886, Manoel Antonio Martins mudou-se para o Itaperiú, na Freguesia de Barra Velha.

Manoel Antonio Martins, nasceu no dia 11/12/1856, em Itajaí, filho de Manoel Antonio Moreira (ou Orive) e Ignacia Anna de Jesus (ou Graça). Neto paterno de Manoel Pereira e Monica de Souza e materna Salvador de Quadros e Anna Francisca de Jesus. Foi batizado no dia 27/04/1857, em Itajaí. Foram seus padrinhos, Manuel Francisco da Silva e Margarida Antonia Luiza.

No Itaperiú, Manoel conheceu Maria Rita dos Santos, nascida no dia 26/12/1863, em Camboriú, filha de Ledovino José dos Santos e Rita Felisbina da Costa, moradores no Itaperiú, com quem se casou no dia 28/11/1886, na Igreja de Nossa Senhora da Conceição de Barra Velha. Padre Vicente d'Angenzio celebrou a união e Nazario Caetano da Silva foi testemunha.

No dia 04/09/1889, Manoel Antonio Martins pediu ao Estado para comprar terras no rio São João do Rio Itaperiú da Barra Velha.


Filhos:



- Bernardina (*04/12/1888, Piçarras Bat. 03/05/1889, Penha Padr: Vicente Ricardo Tavares e Bernardina Tavares de Macedo)
Casou com Amaro Firmino de Campos, no dia 02/04/1912, na Matriz de Paraty.



- [Filha] (*30/09/1890, Itaperiú)



- João (*04/12/1896, Itaperiú)

- Maria (*19/07/1899, Itapocú, Barra Velha)






Referências

- CARTÓRIO CIVIL. Livros de registros.
- IGREJA CATÓLICA. Livros de registros.