Família de João Ricardo de Souza


Por Elis de Sisti Bernardes


A família de João Ricardo de Souza já residia na Freguesia de Barra Velha no século XIX e já estava estabelecida no Itaperiú antes de 1921.

João Ricardo de Souza era filho de Ricardo de Souza da Rosa (ou Sarmento) e Felizarda Alves de Jesus da Silva, moradores no Itapocú. Neto paterno de Manoel de Sousa Sarmento e Luísa Rosa, naturais de São José e materno de Joaquim Alves da Silva e Luciana Fernandes.

João Ricardo já morava na Freguesia de Barra Velha antes de 1883.

Casou com Clementina Thereza da Conceição (ou Clementina Maria da Conceição), filha de João Cardozo da Silva e Maria Ignacia de Jesus, ou Maria Borges Pitta, no dia 09/01/1885, na Freguesia de Barra Velha. Foram testemunhas: João Cardoso da Silva e Jose Galdino da Rocha. Também estava presente João Deonisio de Morais. Na ocasião, os pais do noivo já eram falecidos.

João Ricardo e Clementina foram lavradores e a família morou no Itapocú, estabeleceu-se no Itaperiú antes de 1921.

No dia 22/10/1923, João Ricardo de Souza recebeu do Estado de Santa Catarina a concessão de 175.000m² de terras no Itaperiú.

Em 1924 já moravam novamente no Morro Grande.

João Ricardo e Clementina faleceram após 1924.



Filhos:


- João Moizes de Souza (*~1886 +03/08/1921, Itaperiú, de pneumonia, após sofrer por 3 meses Sep: Itaperiú). Solteiro.


- Thomaz (*10/11/1886 Bat. 26/06/1886, Barra Velha Padr: José Cardozo da Silva e Justina de Souza da Rosa +03/03/1899, Morro Grande, Itapocú, de febre Sep: Barra Velha)


- José (*04/12/1887 Bat. 08/04/1888, Barra Velha Padr: Luis Baptista da Silva e Maria Luisa de Carvalho)


- Ricardo (*02/05/1890, Itapocú, Barra Velha)


- Maria (+28/07/1895, Itapocú, de sarampo). Gêmeas.


- Maria (+28/07/1895, Itapocú, de sarampo). Gêmeas.


- Ildebranda Clementina de Souza (*13/11/1901, Morro Grande, Itapocú)
Casou com Francisco Borges Damasceno (*10/10/1896, Morro Grande, Itapocú), filho de Isidorio Jesuino Damasceno e Mariana Claudina do Espirito Santo, morador no Morro Grande, no civil dia 21/06/1924, no Itapocú.





Referências

- APESC. Índice geográfico dos processos de terras da secretaria da agricultura e do abastecimento - Coordenação de Legitimação e Cadastramento de Terras Devolutas - COLECATE. Florianópolis, mar. 2010.
- CARTÓRIO CIVIL. Livros de registros.
- IGREJA CATÓLICA. Livros de registros.
- MAFRA, Inácio da Silva. Famílias Mafra.